Campo Grande/MS
Café das 6
12 junho 2018 - 10h07

Trans nas Forças Armadas: entenda a história da sargento Bruna, afastada por incapacidade militar

Bruna Benevides conseguiu liminar que garante que seja reintegrada ao serviço na Marinha.

OUVIR

O caso judicial envolvendo a segundo-sargento da Marinha Bruna Benevides tem chamado a atenção por tratar de um assunto novo: pessoas trans nas Forças Armadas. A Bruna é uma mulher trans de 38 anos e, desde que se assumiu pro seu comandante superior na Marinha, vem travando uma batalha judicial. É que a corporação não a acolheu como mulher e ela foi reformada compulsoriamente por incapacidade militar em decorrência de “diagnóstico de transexualismo”. Desde então, o caso foi parar na Justiça. Primeiro, a Bruna conseguiu uma liminar favorável e a Marinha foi proibida de aposentá-la. Na decisão de ontem, a 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da Segunda Região negou o recurso. O desembargador federal Marcelo Pereira da Silva destacou que a alteração de prenome e gênero nos registros “encontra amparo legal”.

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas