Campo Grande/MS
AGRONEGÓCIO SUSTENTÁVEL
24 maio 2019 - 08h47Por Lívia Machado e Joel Silva

Segundo presidente da Famasul, alterações climáticas e fortes chuvas também prejudicam a cidade de Bonito

OUVIR

No último dia 21 de maio o Senado Federal sediou sessão a respeito dos impactos ambientais causados pelo agronegócio na cidade de Bonito. Após a reportagem divulgada recentemente pelo Fantástico o desmatamento estaria prejudicando a região, e também o turismo por conta da lama que causa turbidez nos rios após chuvas intensas.

A iniciativa foi da Comissão de Desenvolvimento Regional, e a sessão que discutiu o tema foi presidida pelo senador Nelsinho Trad. O presidente da Famasul, Maurício Saito participou e explicou que o agronegócio pouco causa impactos ambientais no município.

O presidente da Famasul explicou ainda que o agronegócio é o grande propulsor na economia local, e atribuiu o sucesso da actividade sempre respaldado em práticas sustentáveis.

O evento contou com integrante da Semagro, Ricardo Bereta, que explicou que a região de Bonito é sensível às chuvas, mas que o Governo do Estado já realiza estudos no local e trabalha baseado em estratégias de contenção de enchentes com auxílio da tecnologia.

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas