Campo Grande/MS
Café das 6
18 maio 2018 - 12h44

Presos poderão ter pena reduzida cuidando de animais em abrigos dentro dos presídios de Taubaté e de Tremembé, em SP

Os canis serão construídos por 10 detentos, mas ainda não há previsão de quando os animais serão levados para os locais.

OUVIR

Os presídios de Taubaté e de Tremembé, no interior de São Paulo, devem ganhar abrigos para cães e gatos abandonados. A ideia é os detentos cuidem dos animais em troca de redução de pena. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), os canis serão construídos por 10 detentos no Pemano, que abriga presos do regime semiaberto, e no P1, conhecido por abrigar presos com caso de grande repercussão. As obras devem durar quatro meses, mas ainda não há previsão de quando os animais serão levados para os locais. Outros detentos serão capacitados para técnicas de banho, tosa e adestramento. O trabalho é um mecanismo para o abatimento da pena do detento.

Mais de

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas