Campo Grande/MS
A JUSTIÇA SOLTOU
15 maio 2019 - 08h22Por Lívia Machado, Joel Silva

Por unanimidade, Sexta Turma do STJ decide libertar ex-presidente Michel Temer

OUVIR

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça decidiu, por unanimidade, libertar o ex-presidente Michel Temer, que estava preso na sede do Comando de Policiamento de Choque, da Polícia Militar, em São Paulo.
 
Os quatro ministros que votaram - Antônio Saldanha, Laurita Vaz, Rogério Schietti e Néfi Cordeiro, se manifestaram favoravelmente à libertação de Temer e do coronel João Baptista Lima Filho, ex-assessor e amigo do ex-presidente. Outro integrante da turma, o ministro Sebastião Reis Junior se declarou impedido e não participou da sessão.]
 
Relator do caso, o ministro Antônio Saldanha disse que a gravidade do delito não constitui argumento por si só para a necessidade da prisão. Com a decisão, Temer e Lima permanecem em liberdade pelo menos até o julgamento definitivo do mérito do habeas corpus, pela própria Sexta Turma, em data ainda não definida.
 
Eles são réus por corrupção, lavagem de dinheiro e peculato numa ação penal que apura supostos desvios na construção da Usina Angra três, operada pela Eletronuclear.
 

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas