Campo Grande/MS
REFORMA DA PREVIDÊNCIA
04 abril 2019 - 08h21Por Lívia Machado, Joel Silva

Paulo Guedes é chamado de 'tigrão' e 'tchutchuca' no Congresso

OUVIR

 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou, durante audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, que o governo gastou no ano passado dez vezes mais com a Previdência Social do que com a Educação. Segundo ele, a Previdência representa o passado, e a Educação, o futuro.
 
Paulo Guedes compareceu à CCJ para prestar esclarecimentos aos deputados sobre a Reforma da Previdência. A audiência estava prevista para a semana passada, mas acabou sendo adiada para ontem, após desistência de Guedes na semana passada. 
 
O clima esquentou quando o ministro da Economia disse que a Previdência é uma fábrica de desigualdades e citou os exemplos dos estados de Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte e Minas Gerais, que já enfrentam dificuldades para pagar salários de servidores e aposentados.
 
Paulo Guedes ainda aproveitou o espaço para elogiar o ex-presidente Lula e o programa Bolsa Família. Para o ministro, Lula mereceu ganhar as duas eleições que venceu, em 2002 e 2006, porque soube gastar pouco para atingir um grande número de pessoas.
 
Depois de acompanhar parcialmente a fala do ministro da Economia na CCJ, o vice-presidente Hamilton Mourão elogiou o conhecimento de Paulo Guedes sobre a proposta da reforma da Previdência e comentou que, pelo menos, ele compareceu à Câmara dos Deputados. O vice-presidente disse ainda que parlamentares de oposição chegaram a ser até meio rudes.
 
Após horas de interpelação ao ministro da Economia, a sessão terminou com mais um clima de confusão. O deputado do PT, Zeca Dirceu, filho de José Dirceu disse que Paulo Guedes é 'tigrão' com aposentados e 'tchutchuca' com a 'turma mais privilegiada'. O ministro rebateu, afirmando 'tchutchuca é a mãe e a avó' do deputado. 
 

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas