Campo Grande/MS
#DestaqueMS
15 agosto 2019 - 08h20Por Lívia Machado, Joel Silva

O ACORDA CAMPO GRANDE trouxe nessa quinta-feira (15), os principais destaques do dia em Mato Grosso do Sul. Confira.

OUVIR

foto: GOVERNO MS

 

O ACORDA CAMPO GRANDE trouxe nessa quinta-feira (15), os principais destaques do dia em Mato Grosso do Sul. Confira.
 
SELO VERDE 
 
Com o objetivo de viabilizar e incentivar ações que promovam a conscientização ambiental o Prefeito Marquinhos Trad assina hoje, dia 15, o Decreto de Regulamentação do Selo Verde. Uma certificação que será concedida às instituições públicas e privadas que se comprometam a adotar ações ambientais autossustentáveis.
 
O Selo será concedido aos órgãos que atenderem aos requisitos estabelecidos pelo Executivo Municipal, portanto, que notadamente promovam ações sustentáveis que venham a neutralizar ou reduzir o impacto ambiental de suas atividades, assim como, que desenvolvam ações voltadas à preservação ambiental. A assinatura será realizada na Central de Atendimento ao Cidadão - CAC, às 9 horas.

FUNDO NACIONAL DE SEGURANÇA PÚBLICA 
 
O governador em exercício, Murilo Zauith, cumpriu agenda em Brasília, nessa quarta-feira, dia 14, onde se reuniu com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro. Moro, garantiu que Mato Grosso do Sul terá o segundo maior percentual de repasses do País, com 5,24%; atrás apenas de São Paulo, que receberá 6,66%. A previsão anual para o Fundo é de R$ 1,7 bilhão, o que representa R$ 89 milhões para o Estado.

O governador em exercício ainda tratou das particularidades de Mato Grosso do Sul, que como o Paraná, de ondem vem o Ministro, também faz fronteira seca outros países. 
 
Ele explicou que a proposta é trabalhar de forma conjunta.
Os investimentos do governo do Estado em segurança pública, através do Programa MS Mais Seguro, colocaram MS no topo do ranking dos estados que mais elucidam homicídios no Brasil. O índice de 73% se iguala à taxa de resolução dos órgãos de segurança dos países de primeiro mundo.

GRIPE FAZ NOVAS VÍTIMAS NO ESTADO 
 
Na semana do dia 7 a 14 de agosto, Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou a morte de cinco pessoas por gripe em Mato Grosso do Sul. Com os novos casos, número de óbitos pela doença no ano subiu para 58, conforme boletim epidemiológico divulgado ontem. As mortes ocorridas na semana foram de vítimas de Campo Grande, Aquidauana, Paraíso das Águas e Naviraí. Campo Grande é a cidade com maior número de mortes por gripe no ano, somando 21 casos de janeiro até hoje. 

Na sequência do ranking aparecem Três Lagoas, com seis casos, e Corumbá e Aquidauana, com quatro mortes cada. Os casos notificados subiram de 1.246 na última semana para 1.268, aumento de 12 registros em sete dias.

CUIDADO COM O ESCORPIÃO!!! 
 
No primeiro semestre deste ano, quase 500 pessoas foram picadas por escorpião em Campo Grande, sendo os meses de abril a julho com maiores incidências de casos, com 227 procurando atendimento nas unidades de saúde por conta das picadas. Conforme a Secretária Municipal de Saúde (Sesau), o número é quase o dobro do registrado no mesmo período do ano passado, quando foram 119, e o aumento causa preocupação.

Os acidente com os animais peçonhentos acenderam o alerta do Centro de Controle de Zoonozes (CCZ), devido ao fato do período em que há maior incidência ainda não ter chegado – normalmente os ataques são registrados com mais frequência no verão.

HEMOSUL PRECISA DE DOAÇÕES 
 
O período de tempo seco e a sazonalidade do frio em agosto, que vem e vai, tem derrubado os estoques de sangue no Hemosul. Isso porque doenças respiratórias como rinite, sinusite e alergia impedem a doação. Já o frio afasta mesmo quem costuma doar. Como consequência, os os estoques de sangue da unidade em Campo Grande estão reduzidos. 
 
Algumas tipagens estão abaixo dos 20%, o que atrapalha a oferta de sangue para pacientes de todo o Estado. Segundo o Hemosul, a maior necessidade é dos sangues tipo O negativo (O-), O positivo (O+) e B negativo (B-). 


Por isso, a unidade de saúde pede doações não só dos grupos sanguíneos que estão em baixa, mas de todos os tipos, já que as plaquetas servem para ajudar qualquer pessoa.

 

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas