Campo Grande/MS
FALTA SEGURANÇA
15 maio 2019 - 08h25Por Lívia Machado, Joel Silva

Motorista de aplicativo é morto por passageiro com dois tiros

OUVIR

 

O motorista de aplicativo Rafael Baron, 24 anos, foi morto com dois tiros, na noite da última segunda-feira, dia 13, e morava aqui na Capital há apenas um ano. Ele era de Curitiba e veio com a mulher e um filho de dois anos. 
 
Conforme informações do boletim de ocorrência, a vítima foi chamada para uma corrida e pegou o suposto passageiro no condomínio Reinaldo Buzaneli, na Rua Claudio Coutinho, no Jardim Campo Nobre. Quando chegou ao local, o motorista foi abordado por um homem.
 
O suspeito disparou dois tiros contra a vítima com o carro em movimento. Os disparos atingiram o pescoço e o braço da motorista.
 
A carteira e os objetos pessoais da vítima não foram encontrados e a polícia suspeita que tenham sido levados pelo autor. Segundo o registro policial, as câmeras de monitoramento do condomínio não funcionam. No local também não há portão. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.
 
Nessa terça-feira, dia 14 pela manhã, uma carreata com 500 veículos, percorreu a avenida Afonso Pena, num protesto de motoristas de aplicativos. A categoria pede por mais policiamento e regras mais rigorosas das empresas para cadastrar passageiros.
 
 

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas