Campo Grande/MS
TIROU DA PAUTA
25 junho 2019 - 08h43Por Lívia Machado, Joel Silva

Ministra Carmem Lucia, do STF decidiu retirar de pauta pedido de liberdade de Lula.

OUVIR

Apesar da expectativa sobre o julgamento de suspeição de Sérgio Moro em processos da Lava-Jato, a ministra Carmem Lucia, do Supremo Tribunal Federal decidiu retirar  de pauta um pedido de liberdade do ex-presidente Lula. Na peça, a defesa aponta a suspeição do ex-juiz e atual ministro da Justiça Sergio Moro no caso do tríplex no Guarujá. 
Ontem também, a defesa de Lula pediu ao Supremo que dê prioridade à análise do habeas corpus. Os advogados alegaram que Lula é idoso e já está preso há 443 dias. Eles alegam também que o atual ministro da Justiça agiu com parcialidade ao julgar Lula. 


O pedido de liberdade foi apresentado pela defesa em 2018. O caso começou a ser julgado no ano passado, e dois ministros da Segunda Turma já votaram contra conceder liberdade a Lula: Luiz Edson Fachin e Cármen Lúcia.


Terceiro a votar na ocasião, o ministro Gilmar Mendes pediu vista, ou seja, mais tempo para analisar o caso. Gilmar liberou o caso para julgamento no último dia 10. Além do ministro, deverão votar Ricardo Lewandowski e Celso de Mello.
O julgamento vem na esteira do vazamento de supostas mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro, o procurador Deltan Dellagnol e outros personagens da Lava-Jato. 

 

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas