Campo Grande/MS
ATÉ DEUS DUVIDA
27 dezembro 2018 - 08h29Por Michael Franco

Esposa de João de Deus pode ser indiciada como participante dos crimes praticados pelo marido

Ela contou que não sabia dos locais onde foram encontrados dinheiro, armas e pedras preciosas; também negou que soubesse de qualquer suspeita de abuso sexual e classifica as denúncias como caluniosas

OUVIR
Foto: Marcelo Camargo - Agência Brasil

Novidades sobre o caso João de Deus: a mulher dele, Ana Keyla Teixeira Lourenço, de 40 anos, pode ser indiciada como participante dos crimes cometidos pelo marido. Foi isso que a delegada Paula Meotti, que classifica Ana Keyla como uma figura central pra investigações. Ela é casada com João de Deus desde 2001. Por isso, a Polícia Civil de Goiás colheu o depoimento dela, que durou mais de 4 horas. 

Ana Keyla foi ouvida por duas delegadas da força-tarefa da Polícia Civil e uma psicóloga da corporação também acompanhou o depoimento. Ela se mostrou tranquila e respondeu a todas as perguntas. Ana Keyla contou que não sabia dos fundos falsos onde foram encontrados dinheiro, armas e pedras preciosas. Ela também negou que soubesse de qualquer suspeita de abuso sexual cometido por João de Deus e classifica as denúncias como “caluniosas”.

Aliás, o médium também prestou depoimento ontem: ele disse pro Ministério Público de Goiás que simplesmente não se lembra das mulheres que o acusam de abuso sexual. João de Deus também voltou a negar que assediou mulheres que o procuravam pra tratamento espiritual na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia.

O advogado dele, Alberto Toron, disse que o depoimento foi "esclarecedor" porque ele respondeu todas as perguntas. Ainda de acordo com Toron, João de Deus foi questionado apenas sobre três casos de abuso sexual. Ele não foi perguntado, por exemplo, sobre todo aquele material apreendidos em endereços ligados ao médium: a quantia de 1 milhão e 600 mil reais, armas e pedras preciosas. Pro advogado, a audiência foi "satisfatória".

Ouça a matéria completa:

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas