Campo Grande/MS
OPERAÇÃO LUZ NA INFÂNCIA
29 março 2019 - 08h19Por Lívia Machado, Joel Silva

Em Mato Grosso do Sul quatro são presos por armazenarem conteúdo pornográfico

OUVIR

 

O técnico de informática de 34 anos, preso na manhã desta quinta-feira (28) durante a operação Luz da Infância no bairro Cabreúva, filmava crianças nas casas em que trabalhava e também na rua em que morava. Segundo a polícia, nos vídeos ele aproximava as imagens e focava nas partes íntimas das vítimas.
 
 
PUBLICIDADE
De acordo com a delegada Marília de Brito, da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), entre os matérias apreendidos com o técnico de informática os investigadores encontraram vídeos feitos por ele em casas que trabalhava na manutenção de computadores e também na rua do bairro que morava.
 
As imagens, conforme a delegada, mostra situações do cotidiano, como crianças brincando só de calcinha na rua, ou meninas com o vestido erguido enquanto estavam sentadas no sofá. “Ele dava zoom nas partes íntimas das crianças, dando uma conotação sexual as imagens”, detalhou.
 
Além disso, foram encontradas com o suspeito cerca de 300 gigas de imagens de pornografia infantil, que também eram compartilhadas por ele.
 
A operação também resultou na prisão de outro técnico de informática, esse de 32 anos, durante cumprimento de mandados de prisão na Vila Nasser. Com ele foram encontrados mais de 1 terabyte de material pornográfico. Durante as ações, a polícia também descobriu que ele estuprava a sobrinha quando criança.
 
Informações: Campo Grande News
 

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas