Campo Grande/MS
LULA LIVRE?
01 outubro 2019 - 08h37Por Lívia Machado, Joel Silva

Em carta, ex-presidente Lula diz que não aceita "barganhar" por liberdade

OUVIR

FOTO: G1

FOTO: G1

O advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Cristiano Zanin, afirmou ontem, em Curitiba, que o petista não é obrigado a aceitar a progressão para o regime semiaberto, que foi solicitada pelo Ministério Público Federal (MPF) na última sexta-feira (27).

Conforme Zanin, advogado de Lula,  “O ex-presidente Lula hoje reafirmou a sua posição de que não aceita nenhuma barganha em relação a sua liberdade”, disse o advogado.
 
Lula foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo sobre o caso do triplex em Guarujá (SP). Segundo a denúncia, Lula recebeu o imóvel como propina da construtora OAS para favorecer a empresa em
contratos com a Petrobras. Ele nega as acusações e diz ser inocente.
 
Lula está preso na Superintendência da PF, em Curitiba, desde o dia 7 de abril de 2018. A pena dele foi fixada em 8 anos, 10 meses e 20 dias pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Progressão de regime - O documento assinado por Deltan Dallagnol e os outros 14 procuradores da força- tarefa da Operação Lava Jato, na sexta-feira, diz que Lula cumpre o requisito de bom comportamento.
 
De acordo com o artigo 112 da Lei de Execuções Penais (LEP), a progressão de pena pode acontecer quando o preso tiver cumprido ao menos um sexto da pena no regime anterior e ostentar bom comportamento carcerário, comprovado pelo diretor do estabelecimento.
 

 

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas