Campo Grande/MS
SUPREMOS PERANTE A TODOS
26 novembro 2018 - 09h39Por Michael Franco

Associação dos Magistrados se posicona contra fim do auxílio moradia e crava: 'Brasil tem condições de pagar mesmo em crise'

O presidente do STF Dias Toffoli havia dito que com o aumento do salário, o auxílio moradia seria extindo, no entanto parece que as coisas vão mudar

OUVIR

Você lembra de quando foi aprovado o aumento do salário dos ministro do Supremo Tribunal Federal? De 33 mil e 700 reais para 39 mil e 300 reais. Na ocasião, o presidente da corte, Dias Toffoli, prometeu que, como compensação, acabaria o auxílio-moradia. No entanto, a Associação dos Magistrados Brasileiros pediu ao
STF que mantenha o benefício para os juízes mesmo com o reajuste salarial de 16,4%.


A petição foi mandada na última sexta-feira. Para a Associação, os estados e a União têm condições de pagar o reajuste e o auxílio-moradia, independente da crise financeira do país. Eles afirmam que, mesmo com o salário mais alto, podem sair perdendo sem o auxílio-moradia – já que não indice imposto sobre o
valor, que hoje é de 4 mil e 300 reais.
 

Ouça a matéria completa:

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas