Campo Grande/MS
VAI SER SUBSTITUITO
14 março 2019 - 08h57Por Lívia Machado

Delegado no caso Marielle Franco descobriu pela internet que deixaria as investigações

OUVIR

O governador do Rio, Wilson Witzel, afirmou que o delegado Giniton Lages vai deixar a função para estudar em outro país. Ele foi o responsável pelas investigações dos assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes. Witzel explicou que o investigador não vai ser exonerado do cargo e vai ficar quatro meses estudando na Itália. 
 
Em entrevista ao portal G1, Giniton Lages disse que a decisão sobre o convite para o intercâmbio com a polícia italiana está “sendo tratada”. Lages afirmou que houve uma sondagem, mas não foi nada decidido ainda. “Estamos conversando”, disse o delegado.
 
Para o governador do Rio, não há problemas na substituição já que, segundo ele, o conhecimento da investigação foi compartilhado com outros delegados.
 

Na terça-feira, foram presos Ronnie Lessa e Élcio Vieira de Queiroz. O primeiro é apontado como o assassino de Marielle Franco; o segundo, o motorista.

 

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas