Campo Grande/MS
CHOVEU PARA O MÊS TODO
27 fevereiro 2019 - 09h04Por Lívia Machado

Alagamentos e resgates dramáticos marcaram dia de chuva forte na Capital

OUVIR

Conforme já antecipado por alerta enviado pela Defesa Civil de Mato Grosso do Sul, a terça-feira foi marcada por muita chuva e alagamentos em vários bairros de Campo Grande. O temporal foi causado pela chegada de uma frente fria. A água começou a cair por volta de 9 horas manhã.
 
A rotatória da Avenida Ernesto Geisel com a Euler de Azevedo, na região do Bairro São Francisco, foi tomada pela água. O córrego Prosa ficou perto do seu nível máximo, além disso um trecho da Via Parque, entre Mato Grosso e Afonso Pena, ficou completamente alagado. Choveu tão forte na região do Parque dos Poderes que diversos motoristas tiveram dificuldade de transitar.
 
No Centro da Capital, a chuva chegou a derrubar parte do telhado de um prédio na 13 de Maio. Algumas regiões também registraram oscilação de energia.
 
A enxurrada levou o asfalto da rotatória que liga as avenidas Euler de Azevedo e Rachid Neder. Em novembro do ano passado, um temporal provocou os mesmos danos no local. 
 
Para reparar os danos, a prefeitura encaminhou tratores da Engepar, empresa que trabalha nas obras do projeto Reviva Campo Grande. Os veículos foram utilizados como reforço na retirada dos blocos de asfalto que se soltaram.
 
Segundo o prefeito, é preciso substituir todo o sistema de drenagem de Campo Grande, projeto avaliado em 80 milhões de dólares, diz Marquinhos. "No entanto, todas as vezes que apresentamos os projetos em órgãos como BNDES, a proposta foi negada, porque Campo Grande não estava em condições de se individar", explica.
 
O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta de chuva forte para Campo Grande e mais 39 municípios com chuva de até até 50 mm (milímetros) por dia. Há possibilidade de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco, como em Corumbá, por exemplo.
 

Deixe seu Comentário

Relacionados

Mais Lidas